Adiciona músicas ao nosso site

Novidade de Última hora… Agora temos uma nova aplicação e uma nova área do nosso site, onde será possível Criar Playlists, Procurar musicas por artistas, por albums, etc… Visita já: http://musica.animaramalta.com. Regista-te já e aproveita todas as funcionalidades.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

Xutos & Pontapés – Um Deus

Xutos e pontapes - Um Deus

 

 

 

Letra da Música Um Deus de Xutos & Pontapés:

Se houvesse Deus
E esse Deus nos visse
Se houvesse um Deus
E esse Deus escutasse
Se houvesse um Deus
E se esse Deus quisesse
Fazia-te feliz
Ouvia a minha prece
Se um Deus houvesse
Se um Deus houvesse

Se houvesse outro Deus
E esse Deus sofresse
Se houvesse outro Deus
E esse Deus chorasse
Se houvesse outro Deus
E se esse Deus te amasse
Calava o teu ódio
Ouvia a minha prece
Se outro Deus houvesse
Se outro Deus houvesse
E que eu alcançasse
Esse amor
Que nunca mais vai ser o meu
O meu grande amor

Se houvesse um Deus
E se esse Deus quisesse
Fazia-te feliz
Ouvia a minha prece
Se um Deus houvesse
Se um Deus houvesse
Se outro Deus houvesse
Mas não há mais ninguém
Ninguém a quem pedir
Ninguém a quem rezar
E eu só posso chorar
Arranhar-me e gritar
Olhar p’ra ti e sofrer
Por esse amor
Que nunca mais vai ser o meu
O meu grande amor

O meu
O meu grande amor
O meu
O meu grande amor

Se houvesse um Deus

Se houvesse um Deus

Se houvesse um Deus
E esse Deus quisesse.

Tags: , , ,

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

Xutos & Pontapés – Da Nação

Xutos e Pontapes - Da Nação

 

 

 

Letra da Música Da Nação de Xutos & Pontapés:

São longas distâncias
São luzes na chuva
Gelam-se os ossos
A quem madruga
São traços vermelhos
Que riscam o chão
Tu segues para o norte
E ouves esta canção

E tu olhas em frente
Evitas chorar
Um futuro ausente
Aqui perto do mar
E a comida da mãe
E as zangas do pai
São já só saudade
Um lamento e um ai
Lá para onde vais
Há uma quimera
E vais acabar
A ter alguém
À tua espera
À tua espera

Dá um beijo meu à Zefa
(Dá um beijo meu à Zefa)
E um abraço ao João
(E um abraço ao João)
Por muito grande que te pareça
Tu tens o mundo
Na palma da mão

E acabas por viver
E acabas por amar
Nessa terra cinzenta
Tão longe do teu mar
Mas nem tudo é mau
E a vida acaba por sorrir
Tu trabalhas no duro
E tens um filho a nascer
E outro a crescer

Onde é que eles foram?
Onde é que eles estão?
Onde é que eles foram?
Onde é que eles estão?

Onde é que eles foram?
Onde é que eles estão?
Onde é que eles foram?
Onde é que eles estão?

(instrumental)

Onde é que eles foram?
Onde é que eles estão?
Esses que eram
Futuro da nação

Lá para onde vais
Há uma quimera
Mas vais acabar
A ter alguém
À tua espera
À tua espera
À tua espera

Dá um beijo meu à Zefa
(Dá um beijo meu à Zefa)
E um abraço ao João
(E um abraço ao João)
Por muito grande que te pareça
Tu tens o mundo
Na palma da mão
Dá um beijo meu à Zefa
E um abraço ao João
Por muito grande que te pareça
Tu tens o mundo
Na palma da mão
Na palma da mão
Na palma da mão

Tags: , , ,

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

Xutos & Pontapés – De Madrugada (Tu e Eu)

Xutos e Pontapes - De Madrugada (Tu e Eu)

 

 

 

Letra da Música De Madrugada (Tu e Eu) de Xutos & Pontapés:

Deixa-me cuidar de ti
Numa caricia sem fim
Ainda é de madrugada
Chega-te ao pé de mim
Lembra-te que eu estou aqui
E tu gostas de ser mimada

Nós andamos às avessas
Mas os corpos pedem meças
E eu sei que tu estás acordada

E a carne pede
E o sangue aquece
E o amor… esse não acontece

Vou tentar outra vez
Esquecer todos os porquês
Desta história mal contada

Numa caricia sem fim
Deixa-me cuidar de ti
Tu gostas de ser amada

E a carne pediu
E o sangue aqueceu
E o amor… esse aconteceu

Tu e eu
Tu e eu
Tão perto do céu
E o que é que foi que nos deu
Tu és bela
E eu sou teu
Tu e eu

(instrumental)

E a carne pediu
E o sangue aqueceu
E o amor… esse aconteceu

Tu e eu
Tu e eu
Tão perto do céu
E o que é que foi que nos deu
Tu és bela
E eu sou teu
Tu e eu

Tão perto do céu
E o que é que foi que nos deu
Tu és bela
E eu sou teu
Tu e eu
Tu e eu.

Tags: , , ,

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

Xutos & Pontapés – Cordas e correntes

Cordas e Correntes - Xutos & Pontapés - NOVA MÚSICA!

 

 

 

Letra da Música Cordas e Correntes de Xutos & Pontapés:

Grossas são as cordas
Os nós são de marinheiro
Enroladas à volta
Mantêm-te prisioneiro

Tu tentas sacudi-las
Mas os nós são corredios
E quanto mais te mexes
Mais te apertam
Tem sangue frio

E tu ainda perguntas
O que foi que se passou
Se mal tu não fizeste
Quem foi que te amarrou

São pesadas correntes
Terminadas em grilhetas
São grandes cadeados
Trancados com sete chaves pretas

Não te deixam voar
Tu já estás colado ao chão
Tudo isto existe
Não parece ter solução

Mas se te lembrares,
Se tu usares a tua razão
Tu é que te afastas
Tu és a tua prisão

Cordas e correntes
Prendem-te no mesmo sitio
E tu ranges os dentes
À beira do precipício

Tudo o que possuis
Vai-te roendo a liberdade
E tudo que desejas
Vai-te doendo de verdade

Tu queres gritar
Mas estás amordaçado
Mas tens de conseguir
Rebentar por algum lado

Tu tens de ir para além do medo
Deitar tudo a perder
Essas cordas e correntes
São mentais, podem desaparecer

Cordas e correntes
Prendem-te no mesmo sitio
E tu ranges os dentes
À beira do precipício

Tags: , , ,

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

Xutos & Pontapés – Tu também

"Tu Também" — novo single Xutos & Pontapés

 

 

 

Letra da Música Tu também de Xutos & Pontapés:

E há 10 000 anos atrás (x4)

A areia da praia já cá estava
mas o instinto foi fatal
dei contigo no metro
estação marquês de pombal
entre aquele mar de gente
que fluía cabisbaixo
tu imóvel, uma rocha
com o mar a passar por baixo

(instrumental)

cara a cara, frente a frente
a imagem começa a girar
os teus olhos de repente
parecem da cor do mar
da cor do mar quando a tarde cai
da cor do mar quando a noite vem
daquela cor que só o mar tem
o mar e tu também

e tu também
e tu também

eu pra li atrapalhado
a lutar contra a corrente
lá consegui ficar parado
a sorrir com todos os dentes
há quanto tempo não te via
ao tempo que te deixei para trás
tu sorriste e respondeste
há dez mil anos atrás!

há dez mil anos atrás (x3)

(instrumental)

E há 10 000 anos atrás (x2)

(instrumental)

E há 10 000 anos atrás
eu sozinho
e tu também

E há 10 000 anos atrás
eu sozinho
e tu também

E tu também
E tu também
E tu também…

Tags: , , ,

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS